sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A Linguagem do Barroco - revisão

. 
1. A expansão da economia europeia no século XVII era incompatível com a organização política e com a estrutura de classes da sociedade da época (a burguesia detinha o poder econômico, mas não o político).


2. O Barroco foi a expressão artística da Contrarreforma, cujo intuito era re-instaurar a fé católica-cristã após a Reforma Protestante.


3. A postura eclética do cristianismo renascentista (com o neoplatonismo amoroso e a razão como guias para o homem) foi substituída pelo dogmatismo (maniqueísmo) católico do Barroco; essa mudança brusca causou um forte conflito espiritual e mental (carne X espírito, razão X fé, pecado X salvação) nas pessoas.


 4. As opções estéticas do Barroco seguiam esse dogmatismo, utilizando-se de antíteses como o claro e o escuro, o mar e a terra; e de relações analógicas como o branco (claro) e a bondade (salvação), e o escuro e o pecado.



5. As opções estruturais seguem a mesma linha, utilizando-se do jogo de ideias (conceptismo) e do rebuscamento formal (cultismo).

Nenhum comentário: